8 de março de 2017

Amizades desfeitas

Lembra quando a gente se conheceu? Eu lembro, foi naquela salinha de pré escola, foi naquele recreio da sexta série, foi naquele passeio em que tivemos amigas em comum, eu lembro exatamente como a gente se conheceu, como éramos tão grudadas, eu passava a tarde na sua casa lembra? Ríamos, compartilhávamos segredos e sonhos, falamos em viajar o mundo e conhecer nossos personagens de série favoritos, imaginávamos como seria quando a gente crescesse, fosse grande, adulta, a gente ia poder sair para tudo que era lugar, a gente ia se divertir para caramba, lembra?

Lembra quando a gente brigou, se afastou, mais voltamos a nos falar? Como a gente fez birra, negou estar errada, mas que a amizade prevaleceu? Eu lembro de cada detalhe, dos choros, das angústias em ter algo para lhe contar e não poder porque a gente estava brigada naquele momento, eu lembro de ver suas fotos, suas postagens e morrer de vontade e não poder comentar, porque era orgulhosa demais, e algum dia aquele orgulho me mataria, com certeza, mas naquele momento não, a gente se entendeu, a gente voltou a se falar aos poucos e nem lembrava mais porque estávamos brigadas, um garoto talvez, ou um vocalista de uma banda que eu insistia em dizer que gostava mais que você, enfim, a gente voltou a se falar, e isso foi maravilhoso, eu adorei te ter de volta na minha vida e senti como se fossemos amigas para sempre novamente.
Lembra quando você chorou? Se machucou? Eu estava lá, eu te amparei nos momentos difíceis, eu te dei colo, sossego, eu te acalmei e disse que ficaria tudo bem, e ficou, sempre ficava, eu poderia tirar uma parte de mim e dar ela para você só para não te ver chorar, eu poderia correr o mundo para buscar algo que lhe fizesse feliz, sabe porque? Porque você era minha amiga, você era a minha pessoa preferida no mundo e eu faria qualquer coisa para te manter por perto, até esquecer de mim eu esqueceria, apenas para poder te ver, conversar com você e a gente falar mal daquela menina que você odiava, sem motivo algum, mas a gente ria e falava mal só para passar o tempo.
Nós tínhamos tanta coisa em comum, éramos tão unidas, o tempo passava, a escola acabava, você fazia outras amizades e eu também, mas apesar de estarmos afastadas, jamais senti nosso sentimento acabar, jamais senti nossa amizade fraquejar, nem que fosse por um segundo, eu senti que manteríamos para sempre esse laço, de irmã, de amiga, de proteção, sentia que sempre seria eu por você e você por mim não importava quantas pessoas chegassem e saíam, e esse foi o meu grande erro, eu senti demais, achei demais, e enquanto fazia tudo demais, você foi se distanciando cada vez mais de mim, esquecendo todas as nossas tardes dando risada, todos os colos, os choros, as risadas e até as brigas que acabaram por nos fortalecer, você se deixava levar por alguém que conhecia a pouco tempo, mas com quem se identificava muito, você foi me deixando cada vez mais, não me respondendo, arrumando desculpas para não me ver, mas eu continuava ali, persistente, continuava insistindo, eu precisava te ver, eu QUERIA te ver, eu queria continuar tentando porque eu não queria te perder, eu juro que eu tentei amiga, eu tentei te todas as formas possíveis e impossíveis te manter por perto, mas você não permitiu, você não quis ficar.
E agora eu te pergunto, porque me abandonaste? O que eu fiz de errado? Eu te quis demais? Eu me doei demais? Eu só queria um pouco de atenção, e agora amiga, depois de tantos anos, tanto tempo passou, eu ainda lembro da gente com alegria, eu ainda lembro de você como uma fase linda que passou pela minha vida, mas acima de tudo, eu vejo que como tudo, você se foi, você poderia ter ficado e se foi, e eu sinto muito por isso, mas jamais irei esquecer, espero que seja feliz amiga, e que não abandone mais ninguém assim, pelo meio do seu caminho.
Seja feliz, antiga melhor amiga.




Oi, tudo bem? Gostou desse texto? Não esquece de comentar aqui embaixo o que você achou e se já passou por algo parecido, se quiser também pode me seguir para acompanhar tudo que eu venho postado e compartilhar essa publicação em suas redes sociais para que mais pessoas vejam, isso ajuda bastante.
Beijos e até a próxima <3

Minhas Redes Sociais:
Facebook: www.facebook.com/gabriela.castro.777
Twitter: www.twitter.com/gabidecastro_
Instagram: www.instagra.com/gabrieladecastro_
Snapchat: Gabiibcastro
Meu email para contato: gabrielabcastro97@hotmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou do post? Não deixe de comentar o que achou, sua participação é muito importante para mim!
* Comentários ofensivos não serão aceitos, coloque educadamente o que não gostou no post que reavaliarei.
* É permitido colocar o link de seu blog no fim de todas as postagens, mas divulgação de trabalho não será aceito, como por exemplo, divulgação de trabalhos com midia kit, banners e etc.
No mais é isso, adoro responder comentários e interagir, comentem a vontade!